Notícias

20/09/2018 10:14

GRUPO COMADANÇA REALIZA ATIVIDADES ARTÍSTICAS NO ESPAÇO CULTURAL TEAF

O Grupo COMADANÇA, sediado em Cuiabá/MT realizará entre os dias 28 e 30 de setembro, uma série de atividades artísticas no Espaço Cultural TEAF, através do Circula MT, edital de circulação de artes cênicas da Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso.

O objetivo da circulação que, além de Alta Floresta, também realizará atividades em Primavera do Leste, Rondonópolis, Tangará da Serra, além da própria capital, é o de promover o fomento e a difusão de produções na linguagem dança que pontuem processos criativos na contemporaneidade.

Para Clodoaldo Arruda, diretor do Grupo Comadança, “propor o projeto foi a maneira encontrada pelo grupo para exercitar nossas criações, pois, acreditamos que o exercício do oficio se denomina na prática da aproximação e interlocução entre artistas e não artistas, público e plateia, consumidores e produtores, visando promover um intercâmbio permanente com a sociedade através da arte, cultura e cidadania”.

O projeto foi pensado em movimentar um circuito de obras em dança contemporânea alavancando não somente o ato de consumir, mais também, abrindo perspectivas de olhares para criação de outros grupos de dança com interesse de produzir e fixar o interesse da população de Mato Grosso em colocar seu cardápio de desenvolvimento Arte.

Quatro ações em dança contemporânea aportarão em cada município por quatro dias em espaços abertos (praças, escolas, feiras) e espaços fechados (teatros, auditórios, sedes de grupos artísticos). Focados em atender uma diversidade de público e colocando em pauta os vários assuntos do meio e para o meio que dança pode dirimir. Em Alta Floresta, todas as atividades acontecerão no Espaço Cultural TEAF, localizado na Perimetral Rogério Silva, 3747, próximo a esquina da Rua do Araújo. Uma performance acontecerá na Feira Livre Municipal

Confira a programação em Alta Floresta:
Dia 28/09
19h30 - Apresentação espetáculo ‘No Corpo outra Vez’

Dia 29/09
20h - Apresentação espetáculo ‘No Corpo outra Vez’

Dia 30/09
08h - Performance ‘Vos’ na Feira Livre Municipal
09h às 12h – Oficina ‘Contaminação da Vida: corpo-artes-conexões’
20h – Apresentação espetáculo ‘Miserê’

INFORMAÇÕES SOBRE OS TRABALHOS
NO CORPO OUTRA VEZ – dança em quatro momentos íntimos, metáforas poéticas revelam hábitos e floram lembranças de três personagens. Num lugar de um presente que reabsorve o passado e o futuro, um futuro e um passado que dividem a cada instante o presente. Aparentemente no mesmo espaço distintas subjetividades apontadas por partituras gestuais sutis, minuciosas e danças particulares.
Classificação Indicativa – 18 anos

VOS – segunda pessoa do plural ou pessoas. Corpos suportes de reflexos, uma espécie de caixa de fundo infinito que nunca acaba de revelar o que tem dentro. E tem dentro toda a realidade. Performances circulam e dançam por espaços públicos com placas de espelhos nas mãos que criam danças pelos lugares, refletindo tudo ao seu entorno. Levando a poética de dançar com todos, e por breves momentos estarem mais próximo.
Classificação Indicativa – Livre

MISERÊ - espetáculo de dança contemporânea que retrata a trajetória de um homem qualquer, que impossibilitado de permanecer em sua terra natal devido às condições de miséria, busca nas grandes cidades perspectiva de vida melhor. Uma metáfora de todos nós que procuramos um lugar no mundo.
Classificação Indicativa – 12 anos

OFICINA - CONTAMINAÇÃO DE VIDA: CORPO-ARTES-CONEXÕES
As relações entre o corpo, artes e o ambiente (conexões) se dão por processos coevolutivos que produzem uma rede de pré-disposições perceptuais, motoras, de aprendizado e emocionais. Embora corpo e o ambiente estejam envolvidos em fluxos permanentes de informação, apontam a necessidade de encontro com a sensível (arte) que imprime nos seus processos de construções, formas de superação da realidade biossocial, criando textos culturais, que se codificam a partir do imaginário, do sonho, do lúdico, do rito, do jogo.
Público-alvo: bailarinos, estudantes do corpo, fazedores de teatro, professores. Idade mínima – 13 anos
Carga horária: 3 horas
Máximo de participantes: 30
Inscrições - bit.ly/comadancaemaf


Newsletter - Cadastre-se para receber as novidades da Teatro Experimental em seu email

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo